CONSAD DECIDE: MAXIMIZAÇÃO DA MAXIMIZAÇÃO

No apagar das luzes do semestre letivo o Conselho Superior de Administração (Consad) aprovou o orçamento para 2011, desconsiderando a  decisão do Consun de terminar com a maximização e enquadrar imediatamente todos os docentes represados. Pior, para cobrir o   déficit ainda existente, os Secretários-Executivos da Fundação São Paulo e o  reitor aprovaram um novo  orçamento que maximiza todos os professores titulares e associados e ainda corrige as chamadas “distorções da maximização”, ou seja professores que por terem um número elevado de turmas ou alunos, conseguiam completar um crédito a mais na sua carga.
Dessa maneira, boa parte dos professores terão que aumentar sua carga horária se não quiserem ver seu contrato rebaixado. Esse mecanismo pode, no limite, causar a demissão de docentes que tiverem que ceder suas aulas para a composição de contratos de outros professores.
A decisão, que amplia a precarização do trabalho docente, em nenhum momento teve seu caráter acadêmico discutido. O Consad simplesmente se ateve aos valores que seriam economizados, esquecendo-se as consequências  que a decisão trará para a vida de cada professor.

Represados

Por outro, lado o Consad resolveu enquadrar de imediato os 187 professores relacionados pela proposta do professor Fabio Gallo. Existem aproximadamente 450 docentes que já deveriam ter o seu enquadramento regularizado (o que representaria para a universidade um custo de R$ 6 milhões). A proposta do professor Gallo enquadra aqueles que têm mais tempo na fila do represamento e que têm condições acadêmica de assumir a nova titulação.
Na nova peça orçamentária, o custo da maximização total de titulares e associados representaria uma economia de R$ 6.900.000, a eliminação das distorções da deliberação 65/78 R$ 2.800.000. No final o orçamento, que era deficitário em R$ 39.000.000 passa a apresentar um lucro líquido de R$ 4.500.000.  A decisão não passa mais pelo Consun, seguindo direto para o Conselho Fiscal da PUC-SP que se reúne nesta segunda feira, 20/12.

Mensalidade de Serviço Social

O professor Dirceu comunicou no início da sessão que a comissão que discutia a mensalidade do curso de Serviço Social chegou a um valor de R$ 504,39, com um desconto de 3%  (R$ 489,25) para quem pagar no primeiro dia do mês.
POSIÇÃO DA APROPUC: Decisão antidemocrática do Consad leva a mais precarização e demissões

A decisão do Consad mais uma vez vai contra o trabalho docente na universidade. O professor, que já tinha seu trabalho precarizado, agora terá de trabalhar mais horas para ganhar o mesmo que ganhava em 2010. Isso fará com que, na outra ponta, alguns colegas seus fiquem sem aula e sejam expulsos da PUC-SP.
A decisão consagra mais uma vez a falta de autonomia universitária, já que a decisão do Consad passou por cima do Consun, que aprovou o fim da maximização e o enquadramento total dos docentes. O caráter antidemocrático também fica patente quando o reitor e os secretários desconhecem solenemente o que a comunidade vem defendendo e expressando das mais diversas formas.
Mais uma vez a instituição prefere resolver seus problemas financeiros atacando as condições de trabalho e sobrevivência de seus trabalhadores, que durante toda a história da PUC-SP fizeram com que ela conquistasse a respeitabilidade que hoje possui.

Diretoria da APROPUC

SAIBA MAIS:

Consun rejeita orçamento da universidade para 2011

Uma resposta para “CONSAD DECIDE: MAXIMIZAÇÃO DA MAXIMIZAÇÃO

  1. Pois é meus caros!
    Esse ano, mas uma vez, teremos intensas lutas pela redução das mensalidades.
    Olhem só o valor que está sendo praticado:

    http://www.pucsp.br/sites/default/files/pucsp/aluno/downloads/edital_mensalidade_2011.pdf

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s