Ao CONSAD,

Foi deliberado na assembleia de estudantes, realizada no período noturno do dia 19/11 e que contou com a presença de cerca de 400 estudantes, a desocupação da reitoria.   Durante a ocupação os membros do CONSAD se negaram a dialogar e a negociar com os estudantes, condicionando isto à desocupação da reitoria. Diante da inflexibilidade reiteradora do caráter autoritário deste Conselho e coerente com os ideais e objetivos que norteiam nossa luta, decidimos pela desocupação, na intenção, mais uma vez de abrirmos um diálogo com seus  membros . Porém, gostaríamos de declarar o nossos imenso descontentamento com os secretários executivos da Fundação São Paulo, que, distante dos estudantes,  negaram-se a ouvir nossas reivindicações bem como a buscar conjuntamente uma solução pacífica e benéfica para toda a comunidade,  desqualificando  um movimento legitimo feito pelos estudantes.

Frente a esta decisão, que cumpre com o exigido, estamos convocando todos os membros do CONSAD para uma reunião, que deverá obrigatoriamente acontecer na segunda-feira (22/11), até 14horas, para podermos abrir as negociações pela redução da mensalidade de todos os cursos da universidade.

Exigimos também a não punição de nenhum estudante envolvido com a ocupação da reitoria, pois a consideramos um instrumento legítimo do movimento estudantil para lutar por suas reivindicações. Além disso, a ocupação da reitoria representa um ato coletivo dos estudantes, não podendo ser individualizado com a punição de alguns envolvidos.

Durante o ano todo foram realizadas diversas manifestações do corpo estudantil pela redução da mensalidade, incluindo atos, debates, reuniões, audiência pública com o CONSAD e abaixo-assinado, abstendo-se os membros deste Conselho de se posicionar sobre a pauta reivindicada em todas elas.

Exauridas todas as vias habituais de diálogo, optamos pela ocupação da reitoria. Ainda assim, houve a recusa da Fundação São Paulo em abrir-se para uma negociação, desta vez com ameaças de reprimir o movimento estudantil por meio de força policial Continuamos mobilizados em torno da nossa principal pauta, a redução da mensalidade, e aguardamos uma resposta a esta carta, pelo e-mail ocupapuc2010@gmail.com. A luta conjunta dos estudantes em torno das reivindicações de acesso e permanência na universidade e de um projeto político de educação que não se paute pelo mercado de trabalho, mas sim pela transformação social, não cessará até conquistarmos nossas vitórias. Estamos todos juntos nesta luta!

Comissão de comunicação da ocupação da reitoria

8 Respostas para “Ao CONSAD,

  1. Não tinha que desocupar.

  2. Concordo não tinha, mas agora que desocupou vamos fazer o possível para continuar lutando! Agora é crucial não nós separarmos, não acabou ainda, vamos continuar unidos pela causa que fez todos nós ocupar a reitoria!

  3. Não votei pela desocupação na assembléia de ontem, mas como somos um grupo unido (e sendo essa união nossa consistencia fundamental), apoio totalmente a decisão tomada por N-Ó-S!
    Torceremos agora por melhores negociações, ou por melhores ocupações!

  4. Meus caros, tenho cara de palhaço? Não me venha com “vamos continuar lutando!” e “te convido a lutar!”, sendo que fomos feitos de palhaço por algumas poucas pessoas com essa ocupação de “brincadeirinha”.

  5. Eduardo, a ocupação não foi “brincadeirinha”, afinal trata-se de uma ocupação de espaço particular, por um grupo de estudantes, para assim exercer pressão sobre a faculdade!
    Concordo em parte com vc, sei que zé povinho é foda! Mas sempre existirão aqueles que tem prioridades externas aos nosso objetivo SIMPLES, que neste caso foi a REDUÇÃO DAS MENSALIDADES.
    Não acho que fomos feitos de palhaços por ESSAS poucas pessoas, e sim pelo reitor e pelo CONSAD, que com certeza abriram um largo sorrizo na manhã desse sábado. A palhaçada está expressa em números, e vem a cada mês em todas as casas de todos os estudantes!

    Vamos permanecer simples, queremos algo, e nisso deveremos focar sempre. A desocupação não pode tirar nossa ocupação (interna) por condições mais dignas de se pagar, estudar e conviver nessa tal de Pontifícia.

    Tamo junto!
    À redução das mensalidades!

  6. Caros colegas, sou estudante independente e percebi a existencia clara de uma tentativa dos grupos partidários em encaminhar as suas propostas. O fato é que estes grupos existem em qualquer organização e eles só se tornam uma ameaça ao movimento social quando os membros tomam uma atitude passiva em relação ao próprio movimento deixando que estes poucos membros partidários votem em bloco e falem em bloco dominando a cena.

    É facil culpar o outro, colocar o germe da regressão no outro como na paranoia fascista. A culpa não é dos partidos e sim de nós mesmos. Cabe a cada participante do movimento tomar o movimento nas mãos e torna-lo o mais democrático possivel. Caso contrario, ocorrerá um esvaziamento onde a vanguarda se isolará nestes grupos e a grande parte dos estudantes se resignará como sempre, num conformismo ridiculo que terminará por culpar as organizações partidárias. No final essa culpabilização nada mais será que uma forma de legitimar o conformismo e a preguiça.

    Tamo junto!
    À redução das mensalidades!

  7. Pingback: próxima reunião do CAPsico (22/11 – 17hr). Pauta: campanha pela redução da mensalidade (ocupação e desocupação da reitoria) e espaço físico do CA « Centro Acadêmico de Psicologia da PUC-SP

  8. Força a PAUTA UNICA REDUCAO DE MENSALIDADE

    Sou estudante da pós graduação e apoio a pauta UNICA.

    Tamo junto!
    À redução das mensalidades!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s